Anime
Mangá
- CONFIRMAR SEU VOTO
Qual dos dois está
melhor atualmente?
Boruto Episódio 056 - Clique aqui para Assistir Online
Next Generations Capítulo 023 - Clique aqui para ler
#AVISO: Mangá 024 de Boruto: Naruto Next Generations no dia 06/05/2018, Episódio 057 de Boruto dia 10/05/2018!
Site Meter
   
Featured Content Slider
• Lista de Novas Notícias •


- Biográfias / Uzumaki Kushina -

Descrição Rápida

Kushina Uzumaki (Uzumaki Kushina) foi uma kunoichi de Konohagakure que se originou no Clã Uzumaki de Uzushiogakure, e a segunda jinchūriki de Kurama, a Kyūbi no Yōko.


Aparência

Tsunade apontou que Kushina era uma mulher conhecida por sua beleza. Ela tinha um fino, mas feminino rosto, pele clara, olhos azuis, cabelo vermelho brilhante e longo, um traço comum entre os membros do Clã Uzumaki, com fios que emoldurava os dois lados de seu rosto e um clipe preto que deixava parte de seu cabelo para a esquerda. Como uma adulta, ela normalmente usava um vestido branco com gola alta, de mangas largas com um avental verde sobre ele, uma pulseira azul escuro no seu pulso esquerdo e sandálias normais de shinobi. Em sua infância, ela tinha um rosto redondo, que com seu cabelo vermelho a fezela parecer um tomate. Em sua adolescência, ela usava uma blusa de kimono de manga curta, com uma borda escura bordada, mantida fechada com um obi de cor escura, uma saia escura e meias que paravam em suas coxas, juntamente com o protetor de testa de sua aldeia.

Personalidade
De acordo com Jiraiya, Kushina era falante e uma menina moleca. Tsunade notou que muito da personalidade de Naruto, assim como o seu estilo de ninjutsu foram herdados dela. Kushina tinha um tique verbal: quando perturbada ou animada, ela iria terminar suas frases com "(da)ttebane", um traço que esperava (sem sucesso) que Naruto não herdasse (que termina a sua, com "(da)ttebayo"). Como uma adulta, Kushina mostrou-se muito sangue-frio e alegre. Apesar de seu comportamento calmo e gentil, ela ainda tinha um temperamento leve e poderia se lançar nos outros, às vezes. Ela também era muito destemida, como sua amiga Mikoto ficou um pouco surpresa quando Kushina mostrou ansiedade sobre as dores do parto. Ela amava o marido e o recém-nascido profundamente e não tinha medo de sacrificar sua vida para parar a Kyūbi mesmo jogando-se entre o animal e seu filho quando ele tentou atacá-lo.
História

Nascida no famoso Clã Uzumaki de Uzushiogakure, Kushina viveu a maior parte de sua juventude em meio à guerra, a fazendoela buscar uma "paz" diariamente. Com pouca idade ela foi enviada para Konoha e se matriculou na Academia.


Querendo fazer uma forte primeira impressão, ela proclamou a sua classe que ela seria a primeira mulher Hokage. As outras crianças riam de sua declaração, e começaram a chamá-la de tomate por causa de seu rosto, em seguida ela se lançou nas crianças que brincavam com ela. Isto fez seu cabelo fluir violentamente em torno dela, e lhe rendeu o apelido de Akai Chis​hio no Habanero ("Habanero Vermelho Quente").

Kushina acabou por ser informada que ela teve que deixar sua casa em Uzushio e ir para Konoha, por causa de seu chakra especial, ela era para ser o próximo jinchūriki da Kyūbi. Kushina estava aterrorizada com a idéia, mas ela foi consolada pela então atual jinchūriki da Kyūbi, Mito Uzumaki. Antes de a transferência ser realizada, Mito disse para Kushina que o amor era a única forma de domar a Kyūbi e superar seu ódio. O amor de Minato a ajudou a fazê-lo.

Em algum ponto no tempo, Kushina foi sequestrada por ninjas de Kumogakure que queria fazer uso de seu chakra especial, a fim de ganhar controle sobre a Kyūbi. À medida que ela era escoltada para Kumo ela secretamente arrancava e deixava para trás fios de seu cabelo vermelho para marcar seu rastro na esperança de que alguém iria encontrá-la. Minato Namikaze, um de seus ex-colegas de classe que Kushina acreditava ser um fraco foi o único entender isto. Depois de resgatá-la, ele informou-lhe que ele tinha sempre admirado seu  cabelo vermelho. Minato provou não ser um "covarde" e gostou da única coisa que ela odiava em si mesmo, Kushina se apaixonou por ele, agora considerando os cabelos vermelhos como o "fio vermelho do destino" (unmei no akai ito) que os uniu. Como ela cresceu, Kushina se tornou conhecida por sua beleza e estilo único de ninjutsu, incluindo o fūinjutsu de seu clã. Em algum momento, depois de casados Minato concedeu um filho a Kushina. Durante seus dez meses de gravidez por causa da influência jinchūriki, eles decidiram chamá-lo de "Naruto" por causa do personagem principal do primeiro livro de Jiraiya. Quando Jiraiya perguntou se eles estavam certos, afirmando que era um nome que ele inventou enquanto comia uma tigela de ramen, um dia, Kushina disse que era um nome bonito. Eles ainda aprovaram Jiraiya para ser padrinho de Naruto. Kushina também esperava que seu filho e o filho mais novo de sua melhor amiga Mikoto Uchiha, Sasuke se tornassem amigos no futuro.

Já que o selo mantendo a Kyūbi dentro do corpo de Kushina ficaria mais fraco durante o parto, regimes especiais foram feitos. Kushina iria deixar a aldeia em segredo e dar à luz em um local remoto. Minato poderia ajudar a manter o selo e a ANBU iria guardar a área. Logo depois Naruto nasceu e eles foram encontrados por Tobi. Tobi matou todos os ANBU, Biwako, Taji e levou o Naruto bebê recém-nascido como refém, ameaçando matá-lo também.

Minato foi capaz de levar Naruto de volta, mas isso deu a Tobi a chance de escapar com Kushina. Que desejava usar a Kyūbi para destruir Konoha, Tobi a libera do corpo de Kushina. Mas a longevidade e vitalidade inerente ao clã Uzumaki permitiram Kushina sobreviver à extração, apesar de bastante enfraquecida pela experiência, Tobi tentou fazer com que a Kyūbi matasse Kushina. Ela foi salva por Minato que a trouxe para onde Naruto estava, enquanto ela ficou com Naruto, Minato foi ajudar na defesa da aldeia.

Para parar o ataque da Kyūbi, Minato foi forçado a trazer Kushina e Naruto para sua localização. Apesar de seu estado enfraquecido, Kushina usou o pouco do seu chakra para conter a Kyūbi. Kushina, em seguida, se ofereceu para selá-la em seu corpo para que ela pudesse morrer com ela. Fazendo isso também para salvar a vida de Minato e Naruto, que graças a eles ela teve uma vida feliz. Minato sugeriu o uso do Shiki Fūjin na Kyūbi e selar o resto dela em Naruto.

Como isso também significava a morte de Minato, e consequentemente, dava a Naruto uma vida horrível e solitária, Kushina naturalmente protestou. Minato a convenceu de que era o melhor, e que fazendo isso também permitiria Kushina ver Naruto, quando ele fosse mais velho. Quando a Kyūbi percebeu suas intenções, ela tentou matar Naruto, mas ambos Minato e Kushina usaram seus corpos para protegê-lo. Depois que Minato realizou o selamento, e já no ponto de morte, Kushina disse a Naruto o quanto ela o amava e lhe deu conselhos para o futuro, seu ato final neste mundo foi encher o seu filho máximo possível com seu amor. Minato, em seguida, selou o resto de seus chakra em Naruto, terminando suas vidas.

Seu nome de família foi então dado a Naruto pelo Terceiro Hokage, na esperança de que ninguém iria descobrir a conexão de Naruto e Minato.

Naruto Shippuuden

Dezesseis anos depois de ter a Kyūbi selada em seu corpo, Naruto finalmente tentou obter controle sobre a besta. Quando ele estava quase esmagado pelo ódio da Kyūbi, Kushina apareceu diante dele. Naruto inicialmente acreditava que ela era a Kyūbi disfarçada, ela então bateu na cabeça dele. Ela então pediu desculpas por seu temperamento curto, dizendo a Naruto que esperava que fosse um traço que ele tivesse herdado dela. Sabendo disto e percebendo que Kushina era sua mãe, Naruto começou a chorar e a abraçou. Sua felicidade foi interrompida pela influência da Kyūbi, Kushina utilizou suas correntes de chakra para conter a Kyūbi e poder ter uma chance de conversar com Naruto. Depois que as correntes surgem a Kyūbi fica surpresa depois de reconhecer seu chakra.

Enquanto eles conversam, Naruto elogia Kushina sobre sua aparência e inveja por não ter herdado seu cabelo. Embora envergonhada quando questionada pelo assunto, Kushina disse a Naruto como ela conheceu Minato e como eles se apaixonaram. Ela disse a Naruto que o amava muito, o que lhe deu a determinação para tentar domar a Kyūbi de novo. Kushina utilizou suas correntes de chakra para ajudá-lo e Naruto finalmente conseguiu. Ela ficou feliz e disse que agora podia se juntar a Minato, fazendo Naruto ficar um pouco visivelmente triste que ela tinha que ir. Com o tempo restante que ela tinha ela contou sobre o Ataque da Kyūbi em Konoha e como o animal veio a ser selado dentro dele. Depois de a história ser contada, ela pediu desculpas por colocar um fardo sobre ele. Naruto respondeu que não se importava, pois mesmo que ela e Minato não estavam lá para mostrar seu amor, ele sabia que eles o amavam muito e por isso selaram a Kyūbi em seu corpo, portanto ele não a culpava e nem Minato por qualquer coisa e estava feliz por ser filho deles. Emocionada, Kushina abraçou Naruto, e o agradeceu por deixar ela e Minato serem seus pais.

Habilidades
Embora ela afirmasse que nunca foi boa em usar ninjutsu, Kushina, aparentemente se tornou famosa por seu espírito de temperamento forte e seu estilo único de ninjutsu. Em sua infância, ela se mostrou uma lutadora feroz e assustadora, capaz de bater em crianças "até a morte" por provocá-la. Kushina também possuía uma forma incomum e especial de chakra, o que a fez bem adequada para se tornar a jinchūriki da Kyūbi. Ela foi capaz de produzir Correntes de Chakra de seu corpo com a qual ela poderia conter os outros. As correntes eram fortes o suficiente para manter a Kyūbi presa. Ela também poderia formar uma barreira em conjunto com estas correntes.



Como um membro do Clã Uzumaki, ela foi abençoada com uma vida excepcionalmente longa e uma força de vida tão forte que ela sobreviveu à extração da Kyūbi após seu parto, embora ela ficasse severamente enfraquecida. Ela também tinha grande habilidade e conhecimento de avançados Fūinjutsu, que ela ensinou para Minato.


Créditos a fonte: Naruto Wiki / Info Reformulada por: #Lord